fbpx
Cirurgia de câncer de próstata robótica em Curitiba, conheça suas vantagens.
  • 17

A cirurgia robótica para câncer de próstata é considerada um dos maiores avanços da última década. Um método seguro, eficiente e que oferece benefícios importantes ao paciente.

Optar por esse método de cirurgia aumenta consideravelmente, as chances de cura, reduzindo bastante os riscos da necessidade de realizar outros procedimentos que podem afetar a saúde e a qualidade de vida do paciente.

O que é uma cirurgia robótica para câncer de próstata?

É um procedimento minimamente invasivo, uma evolução da cirurgia videolaparoscopia, que remove o tumor da próstata de maneira cirúrgica. A técnica utiliza um robô que auxilia o cirurgião durante a realização do procedimento.

Como funciona a cirurgia robótica para câncer de próstata?

A cirurgia é realizada por meio de pequenas incisões na região abdominal do paciente, por essas incisões serão inseridos quatro braços robóticos. Onde três braços são responsáveis pelo transporte de pequenos instrumentos que vão ser utilizados durante a cirurgia e o quarto braço possui uma microcâmera acoplada, que é responsável por fornecer as imagens tridimensionais e ampliadas dos órgãos internos.

A imagens permitem que o cirurgião controle seus movimentos robóticos durante toda a cirurgia, ou seja, o robô reproduz os movimentos das mãos do cirurgião e o auxilia a obter uma precisão maior durante todo o procedimento.

Vantagens da realização da cirurgia por robô

A cirurgia robótica para câncer de próstata, em comparação a cirurgia aberta é mais segura, reduz muito os potenciais riscos e aumenta a eficácia na retirada do tumor. O Dr. Giovanni Targa médico cirurgião, atua na área de cirurgia oncológica robótica em São Paulo, destaca os principais benefícios:

  • Visão cirúrgica em 3D, alta definição e possibilidade de ampliação das imagens em até 20 vezes;
  • Menor sangramento durante o procedimento;
  • Maior precisão dos movimentos durante a cirurgia;
  • Incisões menores, cerca de 0,5 centímetros;
  • Melhor ergonomia para o cirurgião.

Vantagens para o paciente no pós operatório

As vantagens da cirurgia robótica mencionadas acima refletem diretamente em benefícios para o paciente durante o pós operatório, são elas:

  • Menor tempo de internação;
  • Menores riscos de complicações;
  • Tempo de recuperação menor;
  • Menos dor e desconforto;
  • Cicatriz menor e quase imperceptível.

Existe o risco de incontinência urinária e disfunção erétil?

Em cirurgia aberta esse risco é maior e pode afetar uma parcela significativa de pacientes operados, no entanto, na maioria absoluta dos casos de cirurgia robótica, é possível preservar a capacidade de ereção e o controle urinário do paciente.

A cirurgia por robô permite a retirada da próstata com maior precisão nos movimentos cirúrgicos, com isso o risco de haver lesão no esfíncter, responsável pele controle da urina e nos nervos sacrais, responsável pela ereção.

A recuperação do controle urinário normalmente leva de 3 a 6 meses pós cirurgia, sendo importante que o paciente siga as recomendações médicas e realize os exercícios indicados pelo seu médico para recuperar o controle sobre a micção.

Já a recuperação da ereção pode variar de paciente para paciente, podendo ser retomada nos primeiros meses ou demorar até 2 anos. O tempo de recuperação depende de alguns fatores, como idade do paciente, cuidados no pós operatório, função sexual antes da cirurgia, por exemplo. Pacientes mais jovens e com plena capacidade de ereção antes do procedimento, normalmente tendem a apresentar uma recuperação mais rápida.

Quando a cirurgia robótica para câncer de próstata é indicada?

A cirurgia por robô para câncer de próstata é considerada a melhor opção para o tratamento da doença, independente do estágio do câncer. O procedimento só não é indicado no casa em que o câncer se encontra em fase de metástase, quando já se espalhou para outras partes do corpo do paciente.

Segundo estudos, a sobrevida após a cirurgia de câncer de próstata subiu para 48% se comparado com a radioterapia ao longo de quase 5 anos. A estimativa de vida para 8 anos foi de 85,1% com a cirurgia e 74,9% com a radioterapia, além de não apresentar nenhum efeito colateral provocado pela radioterapia.

A cirurgia para câncer de próstata apresenta maior taxa de cura e menor taxa de recorrência da doença.

Cirurgia robótica para câncer de próstata em São Paulo

O Dr. Giovanni Targa atualmente é chefe do serviço de cirurgia abdominal do hospital Erasto Gaertner e atua na área de cirurgia oncológica e cirurgia oncológica robótica.

    Cirurgia Oncológica em Curitiba