fbpx
cirurgia oncológica em curitiba
  • 98
  • 0

O tratamento do câncer não se limita apenas à cirurgia oncológica. Existem inúmeras opções. No entanto, os mais utilizados atualmente são a cirurgia, radioterapia e quimioterapia.

A cirúrgica é realizada de forma isolada ou aliada a outro tratamento, e consiste em remover o tumor parcial ou totalmente.

O procedimento cirúrgico nem sempre é indicado. Dependendo do tipo de câncer, outras opções podem ser mais favoráveis e com resultados melhores do que a cirurgia.

Quando a cirurgia oncológica é indicada?

A cirurgia oncológica não se limita apenas a remoção do tumor. O procedimento cirúrgico oncológico pode ser utilizado para outras finalidades. Conheça abaixo  cada um:

Cirurgia oncológica paliativa

A cirurgia oncológica paliativa visa aliviar os sintomas da doença nos casos avançados de câncer, podendo ser indicada em caso de incapacidade e incômodos. Um exemplo de indicação da cirurgia paliativa, é quando há obstrução intestinal.

Cirurgia oncológica de suporte

A cirurgia de suporte visa permitir o acesso a outros tratamentos de maneira mais fácil, como a inserção de cateter para a quimioterapia, por exemplo.

Cirurgia oncológica preventiva

A cirurgia preventiva (profilática) visa remover tecidos que apresentam riscos de evoluir para um câncer. Mesmo que a cirurgia reduza os riscos, essa não é uma garantia que a doença não se manifeste futuramente.

Biópsia

Este procedimento visa coletar uma amostra do tumor, para a realização de exames, para avaliação de dados como o tipo e estágio do câncer.

Cirurgia oncológica curativa

Este procedimento remove completamente o tumor. Costuma ser indicado quando a tumor se localiza em apenas um local do organismo.

A cirurgia oncológica curativa pode ser realizada combinando com outros procedimentos, como radioterapia e quimioterapia.

Estadiamento

O estadiamento visa determinar o estágio atual do câncer e avaliar ao redor da área afetada.

 Cirurgia oncológica parcial

Este procedimento visa remover apenas uma parte do tumor. Costuma ser indicado quando a cirurgia de remoção total oferece risco a outros órgãos. Neste procedimento, é removido a maior quantidade possível do tumor, e o restante é tratado com radioterapia, quimioterapia e outros tratamentos.

Reconstrução

A reconstrução visa restabelecer o funcionamento de órgãos e também para recuperação estética causada por outras cirurgias oncológicas, como a cirurgia parcial ou total.

Um exemplo de cirurgia de reconstrução, é a reconstrução mamária, no caso de pacientes que tenham a mama removida devido ao câncer de mama.

Cirurgia Oncológica em Curitiba

Se você deseja mais informações sobre a cirurgia oncológica em Curitiba, entre em contato com Dr. Giovanni Targa.

Dr. Giovanni Targa — CRM PR 18175 | RQE: 13314

Especialista em Cirurgia Oncológica e Cirurgia Oncológica Robótica

Atendimento em duas unidades em Curitiba:

  • Instituto de Oncologia do Paraná

Telefone: (41) 3207-9797

Whatsapp: (41) 9 9153-5566

R. Saldanha Marinho, 1814 ⠀⠀⠀⠀

  • NEO Saúde Oncologia

Telefone: (41) 3306-1500

Whatsapp: (41) 9 9153-5566

R. Desembargador Costa Carvalho, 90

Add Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cirurgia Oncológica em Curitiba