fbpx
tratamento do câncer em Curitiba
  • 5

Logo que diagnosticada a doença, o médico guiará o paciente enquanto as opções do tratamento, o que dependerá do tipo de câncer e estagio da doença, localização, estado de saúde do paciente e possíveis efeitos secundários do tratamento.

Os principais tratamentos contra o câncer em Curitiba são:

Quimioterapia em Curitiba: O tratamento consiste na aplicação de remédios anticancerígenos para assim destruir as células tumorais. Sendo um tratamento sistêmico, atinge todas as células existentes no corpo, tanto as cancerosas, quanto as sadias. Geralmente, a quimioterapia é aplicada via venosa, porém também existem medicamentos que podem ser administrados via oral.

A quimioterapia é aplicada segundo um objetivo, o qual pode ser curativa, para eliminar e tomar o controle total do tumor; adjuvante, sendo aplicada após uma cirurgia para eliminar o tecido cancerígeno remanescente; neoadjuvante, para reduzir o tamanho do tumor e logo retira-lo completamente num processo cirúrgico; e paliativa, aplicada com o foco de melhorar a qualidade de sobrevida do paciente sem proposito curativo.

Radioterapia em Curitiba: É o tratamento por meio de radiações ionizantes para destruir as células cancerígenas que formam o tumor, os tipos de radiação mais utilizados são as eletromagnéticas e os elétrons, as células normais também podem sofrer algum tipo de dano, essas podem se reparar, as células cancerígenas morrem definitivamente.

A radioterapia procura preservar o tecido saudável, porém sempre haverá tecido afetado pelo tratamento, provocando assim alguns efeitos colaterais, existem vários tipos de tratamento com radioterapia, cada um com um propósito diferente, dependendo do tipo e estagio da doença. Radioterapia conformacional 3D, radioterapia externa, radioterapia de intensidade modulada, radiocirurgia estereotáxica e branquiterapia, a radioterapia também pode ser aplicada como tratamento adjuvante, neoadjuvante e paliativo.

Cirurgia do câncer em Curitiba: A cirurgia do câncer em Curitiba é o método mais antigo de terapia contra o câncer, sendo o tratamento principal para aqueles tipos de câncer que estão na fase inicial, também pode ser realizada para diagnóstico, alivio de sintomas e remoção de metástase se o paciente apresentar condições favoráveis para a realização do procedimento.

Hormonioterapia em Curitiba: é uma técnica terapêutica que é aplicada com o intuito de impedir a ação dos hormônios em células sensíveis, existem hormônios que em alguns tipos de câncer são responsáveis do crescimento de células malignas, como o estrógeno, progesterona e andrógeno, devido a isso a Hormonioterapia é um tratamento sistêmico que diminui o nível de hormônios nas células tumorais, a Hormonioterapia pode ser usada de forma isolada ou em combinação com outras formar de tratamento.

Terapia Alvo: é um tratamento do câncer em Curitiba sistêmico, o qual utiliza medicamentos moleculares os quais atacam elementos específicos que se encontram na superfície ou no interior das células cancerígenas. Cada tipo de terapia alvo ataca de modos diferentes as células, mas todo tem o propósito de alterar como a célula cresce, se divide e auto repara. Esse tratamento é implementado de forma isolada ou em combinação com outros.

Imunoterapia em Curitiba: é um tratamento biológico, tem como propósito, aumentar o sistema imunológico do paciente, usando os anticorpos do mesmo paciente ou produzidos em laboratório. A Imunoterapia aumenta a resposta do sistema imune contra organismos estranhos, como os tumores cancerígenos.

Medicina personalizada em Curitiba: esse tratamento procura tratar a saúde do paciente de forma exclusiva, analisando o a história clínica, genes, ambiente e DNA do paciente. A medicina personalizada busca entender e compreender a biologia do tumor, baseando nessas informações, o oncologista especialista em câncer em Curitiba procura desenvolver estratégias de prevenção e tratamentos que possam ser mais eficientes e como menos efeitos colaterais para o paciente.

Transplante de medula óssea em Curitiba: é a coleta da medula óssea para o tratamento de diversos tipos de câncer, como por exemplo, leucemias, linfomas e mieloma múltiplo, o paciente recebe a dose da medula óssea após tratamentos com quimioterapia e radioterapia, a dose recebida pode ser do mesmo paciente ou de um doador. O transplante de medula óssea pode ser alogênico, o paciente recebe a dose de um doador ou autólogo, onde a dose da medula óssea vem do mesmo paciente.

É fundamental conversar com o especialista em câncer em Curitiba, para aplicação do tratamento, sua eficiência em cada caso e possíveis efeitos colaterais, planejando assim o tratamento que se adapte melhor a cada caso e paciente.

 

 

 

 

 

    Cirurgia Oncológica em Curitiba